Arquivo | Homens de Segunda RSS feed for this section

Homens de Segunda e suas bolsas {2}

20 maio

Em dezembro de 2010, mais precisamente na segunda dia 13, quando o domínio do Note de Mode ainda era blogspot, escrevi uma postagem sobre bolsas masculinas.

 

Hoje, lendo o Cinform, vi uma página inteira falando disso e resolvi trazer na íntegra a postagem de anos atrás!

20130520-143424.jpg

Quem me acompanha também via Twitter já deve ter percebido minha “pesquisa” sobre o uso de bolsas masculinas. Entre diversas opiniões, a verdade é que os homens ainda estão se acostumando com a idéia e principalmente com os modelos, alguns gostam e já aderiram, preferindo as tipo carteiros e mochilas, enquanto outros dizem que não usarão nunca!
Lembrando que são bolsas criadas para os próprios homens, pensando em suas necessidades, ou seja, nada de pegar a da mãe, irmã ou namorada para entrar na onda, ok?! Afinal as masculinas possuem tamanhos que varia do médio ao enorme, para poder acomodar todos eletrônicos e o material trabalho como, papéis, pastas, agendas, ipod, iphone (“i” tudo que houver), notebooks, pagers, além da carteira e chaves!
Post Bolsa MAsculina (2)
Pelo fato do material levado ser pesado e ao mesmo tempo frágil estas bolsas precisam ser muito resistentes, sendo aliado à resistência, design e estilo. A variedade de modelo e material é grande, por isso, escolha a que supre as suas necessidades e combina com o seu estilo. Para ajudar nessa escolha trouxe algumas dicas para vocês!
Bolsa Carteiro já é velha conhecida, por isso já possui muito adeptos. Funciona em momentos mais casuais, como em momento de trabalho, dependerá o modelo e material escolhido. É um ótimo modelo para começar!
Combinando com o dockside

Combinando com o dockside

Já a bolsa de mão é o modelo mais moderno e atualmente forte presença nos desfiles, possuindo variações para a academia, para o trabalho, para viagens curtas, chamadas de “weekend” e as de passeio.
Post Bolsa MAsculina (3)

Os modelos e combinações dependerão da roupa escolhida. Mas para quem tem dificuldade em assimilar essa idéia pode começar com as neutras em marrom, bege, preta que combinam com diversas coisas. (basicamente tudo!) Mas se preferir usar as coloridas, equilibre na roupa!
Post Bolsa MAsculina
Uma regra feminina que também vale para vocês: Não é preciso combinar bolsa com sapato e cinto. Deve-se compor com a roupa, pensando em uma linha, um estilo.
Modelos em lona, nylon e camurça são casuais, ótimas para usar com jeans, bermudas, tênis e docksides (como na segunda foto!). As de napa e couro são mais arrumadas, e ficam ótimas para o ambiente de trabalho! Já as mais diferentes com estampa são para os mais modernos! E ficam bem com camisetas, podem até compor com blazers, coletes e ternos.
Ah, ainda há o modelo para bicicleta!
Post Bolsa MAsculina (1)

Vocês vão aderir? Já aderiram?

Homem é tudo igual?

13 maio

Você acredita naquela velha conversinha de que homem é tudo igual, só muda de endereço? Eu não. Acredito que há pelo menos a diferença entre eles, existem os Clássicos e os Modernos (e os que transitam entre os dois e os que não querem ser nenhum dos dois).

Em consultoria de imagem, a classificação de estilos masculinos é mais ampla, mas para começar vamos conhecer melhor esses dois grupos?

Clássicos

20130508-214404.jpg

Os clássicos prezam pelo estilo de vida clássico (ooOOh…), tradicional e pelo tal do “bom gosto”.
Para evitar o “erro” preferem não ousar, apostam nas mesmas peças e combinações consagradas há algumas décadas, buscam uma moda eterna.

Alguns são tão clássicos e tradicionais “porque é assim que deve ser” que se esquecem de imprimir um tom pessoal no que vestem (e no que vivem até), gerando com isso uma imagem impessoal.

Modernos

20130508-214832.jpg

Os modernos inspiram-se nas modas de rua, criam suas próprias tendências e brincam com as influências que podem ser do passado ou atual. O que falta no clássico de personalidade e ousadia na expressão do estilo pessoal os modernos tem de sobra! Suas roupas são múltiplas e variadas. Porém, alguns levam isso tão a sério que acabam parecendo caricaturas.

20130508-215355.jpg

Essas “definições” são apenas orientações gerais de cada estilo. Não devemos nos prender a elas para que não seja limitador demais e não forçar uma adequação à determinada definição.

Transitamos um pouco por cada estilo, existem os homens que se intitulam “casuais”, alternativos, fashionistas ou nada disso. O bacana mesmo é saber usar de cada um o mais tiver relação consigo mesmo e com a vida que se leva.

Defendo a ideia de que mesmo os básicos devem buscar vestir algo que exprima sua personalidade, seu estilo, mas para isso deve se conhecer e conhecer os meios existentes para isso.

Cada “homem de segunda”, sendo conhecedor de si e reconhecendo seus gostos, adequará as dicas que poderão aparecer por aqui como achar mais interessante de acordo com sua realidade! Seja ela financeira, ideológica, biológica, estilo, rotina, humor…

O que vocês acham dessas definições de estilo? Concordam? Encaixam-se em alguma?

Homens de Segunda no Carnaval

4 fev

Querendo fugir das tradicionais fantasias de médico (só jogar um jaleco), surfista (bermudão e camisa surf), jogador de futebol (camisa do time de coração, meião e chuteira) ou ainda de havaiano com flores no pescoço?

Para quem tem um pouquinho mais de tempo, disponibilidade e quer uma fantasia completa, vale uma visita ao centro da cidade. Em frente à Basílica do Carmo na Av. Dantas Barreto, tem uma concentração de barracas vendendo fantasias, confetes e serpentinas, nas esquinas de muitos bairros também. Entre elas vocês poderão encontrar marinheiro, grego, homem das cavernas, pirata de diversos tipos, personagens como o Chaves, Kiko e a dupla Patati e Patatá, além das clássicas do carnaval, passista de frevo e pierrot!

fantasia-mas3

Fantasias prontas mais tradicionais

Para os que não querem encarar a roupa completa, vale aproveitar que já tem em casa e combinar com acessórios temáticos. Nessa época do ano é bem fácil de encontrá-los em diversas lojinhas e stands por toda cidade!

Vale os bigodes (tem um tanto de modelos!) e chapéu de mexicano, gola e chapéu de palhaço, kit de policial com colete, cassetete e algemas de plástico, encontrei em uma lojinha na rua das calçadas até kit para fantasia de gogo boy, com gravatinha borboleta e tudo!. Para quem quer apenas um chapéu poderá escolher entre bombeiro, pedreiro, marinheiro…

Se tiver coragem de pintar a cara (pasta d’água é uma ótima opção para a base branca!) pode ir de mímico combinando uma boina preta e camisa listrada, vampiro com capa preta e dentes de plástico ou caprichar na pintura e ir de zumbi!

Jack (www.homemcomh.com)


Se quiser ser o herói do carnaval, há a opção da fantasia completa ou camisas com os símbolos de seus personagens favoritos. Você pode improvisar personagens de desenho também, o Popeye tem a base da fantasia de marinheiro, o Dexter com óculos de aro preto, um jaleco branco e luvas roxas, cascão de short xadrez vermelho com camiseta amarela (dá para acompanhar o clima do Eu Acho é Pouco!).

mini-painel-cascao-lp-

Cascão

Fantasias-para-homens

Para todo gosto!

Vingadores

Vingadores

Máscaras são uma ótima pedida! Além das fantasias em grupo que são super divertidas!  Algumas ideias para inspirar:

fantasia pacman

PACMAN

Verdade seja dita, no carnaval o que importa mesmo é por a criatividade para fora, estar leve e confortável para cair na folia!

Imagens sem link foram encontrar no Google Images.

 

Homens de Segunda: Blazer

3 dez

Vocês sabiam que a origem do blazer vem de uniformes da Marinha? Pois é, mas os franceses e italianos foram remodelando sua estética até chegar a como os conhecemos hoje.

Blazer caramelo com gravata borboleta

Blazer caramelo com gravata borboleta

Uma peça curinga que sempre salva por ser versátil e muito charmosa. Seu uso não é exclusivo da noite e escritório, hoje já ganhou espaço em eventos descontraídos, baladas e até festas na praia.  Pode ser usado a qualquer hora do dia trazendo equilíbrio ao look, evitando que se torne formal ou esportivo demais.

A primeira dúvida é qual a diferença do blazer e do paletó? Simples. O blazer é mais esportivo e pode ser combinado com outras peças básicas – jeans, calça chino, camisa pólo, etc. Já o paletó não, ele é vendido em conjunto com a calça que segue mesmo tecido e padronagem, para que sejam usados juntos, com isso torna-se também mais formal.

Modelos, cores, tecidos e abotoaduras não faltam, mas como escolher o melhor para você e a ocasião? Primeiro passo é estar atendo ao tipo físico e estilo! O segundo é conhecer os modelos para escolher o que mais agrada e se adéqua a ocasião.

Blazer de abotoamento duplo

Blazer de abotoamento duplo

Blazer com protetor de cotovelos

Blazer com protetor de cotovelos

Blazer xadrez Richards

Blazer xadrez Richards

Quer uma ajuda?

Os modelos podem ser de corte americano, inglês ou italiano;

Americano – os ombros são muito pouco marcados, o enchimento é muito leve, pois pretende apenas acompanhar o formato do corpo, sendo assim é mais ajustado e a cintura pouco marcada.

Inglês – os ombros são mais estruturados, lapela pontuda e cintura mais marcada.

Italiano – os ombros são bem marcados e estendidos, o corte vai se ajustando à medida que chega ao quadril. Indicado para homens com ombros mais estreitos, pois equilibram a proporção.

A escolha dos botões pode ser pensada da seguinte forma, se você é baixinho prefira de um botão ou dois, pois com a lapela alongada há a sensação de alongar também a altura. Porém, se está com a barriguinha mais saliente é melhor evitar esse modelo. Para os bem altos é interessante o modelo de três botões, pois acompanha a proporção do corpo, ok?

Os bolsos arredondados não são indicados para quem está acima do peso, pois dá a sensação de arredondar ainda mais a silhueta. #FicaDica

Blazer com debrum

Blazer com debrum

Os tecidos são diversos, desde o linho (mais leve e fresquinho, ótimo para nós aqui do nordeste. Dá para caprichar no visual para festas diurnas e casamentos na praia), sarja (o mais conhecido, curinga do dia a dia. Existem em diversas cores e lavagens – dá para tentar ousar mais um pouco e optar pelos coloridos combinados com peças básicas e tons neutros), os mais formais como veludo liso, veludo cotelê, chamois até os mais informais como jeans (que tem ar mais casual), couro (cuidado para não exagerar nas outras peças!) e as malhas (moletom ou malha pesada que são modernos e despretensiosos. Acompanham looks bem descontraídos aos mais formais com gravata – se for slim melhor ainda!).

 

Blazer de linho Richards

Blazer de linho Richards

Blazer veludo cotelê Richards

Blazer veludo cotelê Richards

Blazer moletom Richards

Blazer moletom Richards

E aí, ajudou a encontrar o melhor modelo para você?

Homens de Segunda – Dockside

12 nov

Ao atender um cliente de consultoria de imagem no sábado, percebi como os docksides ainda estão com tudo nas lojas e em cores cada vez mais divertidas!

Então, achei que seria bacana recomeçar Homens de Segunda atualizando um post que já fiz no Note de Mode quando ainda era blogspot. Vocês aprovam?

Dockside Mr. Kitsch

O Dockside, também conhecido como boat shoes, é um sapato de origem náutica, por isso tão querido por aqui, afinal nosso verão dura quase o ano inteiro. De costura aparente e cadarço geralmente de couro, o modelo lembra até o mocassim, porém é mais confortável e pode ser usado com e sem meia – excelente para nosso clima.

 

Charmoso e fácil de combinar vai bem com shorts, bermudas e calças em ocasiões casuais. Vale lembrar que é um sapato de lazer e só deverá ser usado para trabalho caso sua profissão (e local de trabalho) permita um dress code informal, como arquiteto ou designer.

O modelo em lona ou camurça deixa-o mais rústico e é ótimo para férias litorâneas, passeios diurnos e bermudas, calças de linho ou cores claras. Já o modelo todo em couro, ótimo para noite, possui uma cara mais social – mas não deve ser usado com ternos!

Para Inspirar:

Dockside Rapahel Steffens

Blog de Street Style

Blog de Street Style

Lucas do Blog O Homem e a Moda usando dockside Riachuelo

A Mr. Kitsch e a Raphael Steffens podem ser encontras no Plaza Casa Forte.